Japinha e Curumim são irmãos. Não de sangue, mas são filhos dos mesmo pais, pois, como muitas vezes acontece em nosso mundo moderno, eles tem dois pais – e nenhuma mãe.

alta_balaio2Alta escreve. Beto desenha.beto_balaio2

Nós também somos irmãos. Irmãos não de sangue, com pais diferentes e que cresceram longe. Alta de frente para a praia, em Niterói e Beto passando frio no oeste catarinense, em Chapecó.

A vida, em uma destas voltas, nos aproximou pela internet, embora tenha nos distanciado na vida… mais precisamente, nos colocou a 4,709 km de distância, pois Alta hoje mora em Roraima e Beto continua passando frio em Santa Catarina.

É pela internet que criamos nossos filhos, partilhando ideias, planos e tirinhas.

Beto desenha e cuida de dentes, além de ter cuidado – e ainda cuidar – do Vitor e da Alice, que também são japinhas.

Alta escreve e cuida de crianças, além de ter cuidado – ao menos um pouquinho – da Elga, do Kim e do Marcos. Kim é japinha. Marcos é um curumim que se chamou Pompom no dia que nasceu. Elga é uma mochileira que já cresceu.

Embora a gente se divirta com o Balaio, não somos profissionais. Se hoje temos nosso site com uma hospedagem profissional, agradecemos o amigo e irmão escoteiro Rafael Freitas. Dizem que ele até perdeu os cabelos de emoção quando viu o site pronto. O que importa é que colocamos ele dentro do Balaio!

Valeu Fretas!!!

freitas