Pois é… tenho provado muita comida gostosa em minha viagem. Uma das coisas que mais tenho comido aqui na aldeia é um caldo de pimenta chamado DAMURIDA. Tem damurida com peixe, damurida com paca, damurida com tatu… Da primeira vez quase tive um treco, achei que tinha virado um dragão, com tudo pegando fogo… Depois passei a gostar tanto que tomo até no café da manhã… Sim, verdade, no café da manhã, com farinha. Gente, acho que estou virando amazônica…

mochi_fogo

Para o pessoal que ficou curioso, segue a receita da Damorida, que consegui com a mãe do Curumim. Ela cozinha muito… ontem fez um cozido de macaco… que só de lembrar me dá água na boca:

Ingredientes:
peixe ou carne assada na brasa
folha de pimenta malagueta
pimenta jiquitaia (pimenta ardosa)
goma de tapioca
sal a gosto

Preparo:
Cozinhar o peixe/carne previamente assado com as folhas da pimenta malagueta, a pimenta jiquitaia em abundância e o sal.
Engrossar o caldo com um pouco de goma de tapioca.
Cozinhar até a carne ficar bem mole.
Este prato pode ser servido com pirão de farinha de tapioca e/ou arroz branco.

O grande segredo, segundo pude descobrir com os “entendidos” é realmente a pimenta, que dá o gosto e é fundamental para o prato bem feito.